quando dia, luz

e se belos, lírios

como há noite, indigentes

quase nus, inocentes

dispensa-se dores

sabe-se das lágrimas

estreitam-se segundos

os nós, não laços.

Comment